RELATOR DO PL/591 quer excluir serviços dos correios para quase 60% dos municípios do Brasil

0
65

O Comitê Nacional da FENTECT Contra a Privatização dos Correios, que conta com o apoio e luta de todos os sindicatos filiados à FENTECT, vem a público denunciar mais um crime na corrida do Governo Bolsonaro para privatizar os empresa.

No último dia 09/11, o relator do PL 591/21 no Senado Federal, o senador Márcio Bittar (PSL/AC) fez uma emenda dizendo garantir a universalização postal e garantias dos serviços de Correios nos pequenos municípios com mais 15 mil habitantes. Porém, essa é mais uma mentira, já que dos 5.570 municípios mais de 3 mil ficarão sem a garantia dos serviços, trazendo assim um grande prejuízo as áreas mais carentes.

O Comitê analisou o relatório junto com assessoria da liderança do PT no Senado e identificou essa grande cortina de fumaça usada para tentar mudar o voto de senadores que já haviam declarado ser contra o projeto, pois iria trazer um imensurável prejuízo aos seus estados, que em sua maioria tem municípios que só há os Correios como braço do Estado.

O grupo aferiu que 3.256 municípios serão esquecidos por esse projeto de iniciativa do governo Bolsonaro. Serão mais de 3 mil municípios que não terão acesso a serviços como a emissão de documentos, entregas de cartas e encomendas, e que certamente influenciará na qualidade de serviços de entrega de livros didático para o início do ano letivo. A população que vive nessas áreas mais remotas do país sofrerá também com a falta de entregas de remédios como de uso contínuo ou de alta complexidade.

A FENTECT repudia a ação do ministro das Comunicações, Fábio Faria, que vem gastando milhões de dinheiro público em propagandas para enganar a sociedade e a tentativa de compra de votos de senadores por meio de emendas parlamentares a serem distribuídas pelo relator Márcio Bittar, que mente e despreza a importância dos Correios para seu estado (Acre) e para todo povo brasileiro.

A FENTECT continuará combatendo as fakes news do governo Bolsonaro e do ministro das Comunicações, Fábio Faria, que tenta a todo o momento desqualificar a empresa pública mais antiga de nosso país e que ao longo de sua existência vem prestando um serviço de qualidade e cumplicidade com a população brasileira.

Defender os Correios é defender o Brasil.

com informações da FENTECT