SINTECT/SE pede apoio ao povo de Nossa Senhora da Glória em ato contra a privatização dos Correios

0
490

Nesta quinta-feira (12/8), as ruas de Nossa Senhora da Glória receberam a indignação de quem não quer entregar de bandeja o patrimônio do povo.

A direção colegiada do SINTECT/SE percorreu as principais ruas e avenidas do município, alertando à população sobre o que está em jogo na venda dos Correios. “Essa grande cidade com aproximadamente 40.000 habitantes será uma das prejudicadas pela irresponsabilidade dessa venda. As grandes empresas não terão interesse em entregar suas correspondências, e eles querem destruir todas as ações sociais que os trabalhadores dos Correios são capazes de fazer”, alerta Alexandre, secretário de comunicação do SINTECT/SE.

Já Jean Marcel, secretário geral do SINTECT/SE, reforçou a situação de precariedade a que se submetem os funcionários da empresa no município. “Apesar de ser responsáveis por ações tão importantes como distribuição de vacinas e livros didáticos, estamos tendo que conviver com o sucateamento e a falta de efetivo para poder trabalhar dignamente nas cidades”, lamenta. 

Ele lembra que já são 10 anos sem concurso público, e que a privatização esconde um objetivo de terceirizar de maneira geral o serviço público.

No período da tarde o grupo concedeu entrevista ao repórter Waldson Diniz, na Rádio Boca da Mata 104,9 FM. A pauta foi a defesa dos direitos dos ecetistas, e a conversa contou com a presença de Chico dos Correios, ex-Prefeito por dois mandatos em Nossa Senhora da Glória, e funcionário da Empresa Correios.